Bem vindos ao blog Caminhando com Jesus!
Nossa Senhora da Glória, rogai por nós!

Seguidores de Jesus

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Sagrada Família

30 de Dezembro


Sagrada FamíliaSe o Natal tiver sido ao domingo; não tendo sido assim, a Sagrada Família celebrar-se-á no domingo dentro da Oitava do Natal.

Da alocução de Paulo VI, Papa, em Nazaré, 5.1.1964:

O exemplo de Nazaré:

Nazaré é a escola em que se começa a compreender a vida de Jesus, é a escola em que se inicia o conhecimento do Evangelho. Aqui se aprende a observar, a escutar, a meditar e a penetrar o significado tão profundo e misterioso desta manifestação do Filho de Deus, tão simples, tão humilde e tão bela. Talvez se aprenda também, quase sem dar por isso, a imitá-la.
Aqui se aprende o método e o caminho que nos permitirá compreender facilmente quem é Cristo. Aqui se descobre a importância do ambiente que rodeou a sua vida, durante a sua permanência no meio de nós: os lugares, os tempos, os costumes, a linguagem, as práticas religiosas, tudo o que serviu a Jesus para Se revelar ao mundo. Aqui tudo fala, tudo tem sentido. Aqui, nesta escola, se compreende a necessidade de ter uma disciplina espiritual, se queremos seguir os ensinamentos do Evangelho e ser discípulos de Cristo. Quanto desejaríamos voltar a ser crianças e acudir a esta humilde e sublime escola de Nazaré! Quanto desejaríamos começar de novo, junto de Maria, a adquirir a verdadeira ciência da vida e a superior sabedoria das verdades divinas!
Mas estamos aqui apenas de passagem e temos de renunciar ao desejo de continuar nesta casa o estudo, nunca terminado, do conhecimento do Evangelho. No entanto, não partiremos deste lugar sem termos recolhido, quase furtivamente, algumas breves lições de Nazaré.
Em primeiro lugar, uma lição de silêncio. Oh se renascesse em nós o amor do silêncio, esse admirável e indispensável hábito do espírito, tão necessário para nós, que nos vemos assaltados por tanto ruído, tanto estrépito e tantos clamores, na agitada e tumultuosa vida do nosso tempo. Silêncio de Nazaré, ensina-nos o recolhimento, a interioridade, a disposição para escutar as boas inspirações e as palavras dos verdadeiros mestres. Ensina-nos a necessidade e o valor de uma conveniente formação, do estudo, da meditação, da vida pessoal e interior, da oração que só Deus vê.
Uma lição de vida familiar. Que Nazaré nos ensine o que é a família, a sua comunhão de amor, a sua austera e simples beleza, o seu caráter sagrado e inviolável; aprendamos de Nazaré como é preciosa e insubstituível a educação familiar e como é fundamental e incomparável a sua função no plano social.
Uma lição de trabalho. Nazaré, a casa do Filho do carpinteiro! Aqui desejaríamos compreender e celebrar a lei, severa mas redentora, do trabalho humano; restabelecer a consciência da sua dignidade, de modo que todos a sentissem; recordar aqui, sob este teto, que o trabalho não pode ser um fim em si mesmo, mas que a sua liberdade e dignidade se fundamentam não só em motivos econômicos, mas também naquelas realidades que o orientam para um fim mais nobre. Daqui, finalmente, queremos saudar os trabalhadores de todo o mundo e mostrar-lhes o seu grande Modelo, o seu Irmão divino, o Profeta de todas as causas justas que lhes dizem respeito, Cristo Nosso Senhor.

João Paulo II, na Carta dirigida à família, por ocasião do Ano Internacional da Família, 1994, escreve:

A Sagrada Família é a primeira de tantas outras famílias santas. O Concílio recordou que a santidade é a vocação universal dos batizados (LG 40). Como no passado, também na nossa época não faltam testemunhas do "evangelho da família", mesmo que não sejam conhecidas nem proclamadas santas pela Igreja...

A Sagrada Família, imagem modelo de toda a família humana, ajude cada um a caminhar no espírito de Nazaré; ajude cada núcleo familiar a aprofundar a própria missão civil e eclesial, mediante a escuta da Palavra de Deus, a oração e a partilha fraterna da vida! Maria, Mãe do amor formoso, e José, Guarda e Redentor, nos acompanhem a todos com a sua incessante proteção.


Sagrada Família de Nazaré, rogai por nós!

2 comentários:

  1. Um ano novo muito feliz pra você, minha amiguinha querida!
    Que Papai do Céu te proteja semprE!
    Abraços, do Gabriel Pio

    ResponderExcluir
  2. Quero desejar ao idealizador desse site e a todos que o visitam um feliz 2012 com Jesus!!! Essa é uma data festiva, de confraternização e de trocas de presentes. A chegada de um novo ano... e com ele criam-se expectativas de mudança , de feitos e realizações felizes. Mas o dia em si, nada pode mudar na vida de alguém! Astros, cores, crendices, enfim, também não. A grande diferença que pode ocorrer em nossa vida é quando decidimos mudar, ouvir, guardar e praticar o que Deus diz. Ele pode fazer algo novo em nossa vida e pode nos levar além, até mesmo mais do que podemos imaginar. Só Ele pode tirar a dor e a angústia da nossa alma. Ele nos vê por dentro, o nosso coração, a nossa ansiedade e também as nossas frustrações! Mas existe um segredo, Ele nos ama e quer cuidar de mim e de você. Ouse mudar e confiar no seu amor e cuidado. Com certeza não irá se arrepender! Lembre... “As aves do céu não plantam nem segam, e não passam fome e necessidade, porque Deus as sustenta”! Não permita que a ansiedade e seus ideais egoístas venham tomar conta de você e controlar sua vida, deixa Deus te conduzir para o que Ele quer! “O vento sopra aonde quuer, não se sabe de onde vem nem para onde vai”...! Ele sabe o que é melhor para nós. Cofie e aguarde nEle. Certa vez Pedro tentou pescar a noite toda e nada. Ao chegar Jesus, seguido de uma multidão, depois de pregar um belo sermão diz a ele: -Pedro lança a rede...! Pedro talvez tenha relutado – Sou pescador! Quem é esse homem? Ele pensa que é o que? Perdia noite e agora o dia... – Mas Pedro deixa de relutância e lança a rede, que veio cheios de grandes e fartos peixes! Deixa Deus te surpreender!

    ResponderExcluir